Saúde

8 Passos para curar as doenças auto-imunes

Imagine que seu sistema imunológico funciona como uma tropa de soldados.

Na guerra, espera-se que seu exército mate apenas os inimigos, certo?

Agora imagine um soldado matando todo mundo, indistintamente: os inimigos e os aliados.

Parece loucura?

Mas é essa disfunção que ocorre em uma doença auto-imune.

Ultimamente, muita gente vem sofrendo com doenças auto-imunes.

Isso inclui: artrite reumatóide, alergias, lúpus, esclerose múltipla, psoríase, doença celíaca , doenças na tiróide e muitas outras síndromes difíceis de classificar no século XXI.

Como já dissemos, esse fenómeno nada mais é do que uma resposta descontrolada que ataca tanto o corpo estranho quanto nossos próprios tecidos.

Se nosso corpo luta contra alguma coisa – uma infecção, uma toxina, um alérgeno, um alimento ou a resposta ao estresse – e de alguma forma redirecciona seu ataque hostil às articulações, ao cérebro, à tiróideo, ao intestino, à pele ou às vezes a todo organismo, não tem

como isso terminar bem, não é mesmo?

Essa confusão imunológica resulta no que é chamado de “mimetismo molecular”.

Abordagens médicas convencionais não têm um método para encontrar o ponto exato que causa o problema.

A medicina funcional, por outro lado, fornece um mapa para descobrir qual molécula as células estão mimetizando.

E, além disso, busca tratar a causa do problema e não apenas os sintomas.

Enquanto a maioria dos médicos procura pensar em uma forma de “acabar com a fumaça de um incêndio”, o fogo continua se alastrando e queimará a casa toda.

É por isso que devemos prestar mais atenção ao tipo de tratamento que o médico propõe.

Curiosamente, os distúrbios auto-imunes ocorrem com mais força na população dos países desenvolvidos.

Pessoas em países mais humildes, sem água corrente e saneamento básico, não sofrem tanto com esse mal.

Por que será?

Brincar no chão, se expor ao sol e ficar exposto a sujeira e insetos cria anticorpos.

Assim, o sistema imunológico reconhece bem a diferença entre suas células e um corpo estranho.

Para você ter ideia, a doença auto-imune é uma das principais causas de morte entre as mulheres, encurtando a expectativa de vida do paciente em oito anos.

Infelizmente, os tratamentos convencionais na maioria das vezes prejudicam mais a saúde do que cura.

Isso porque são cheios de substâncias tóxicas.

Pensando nisso, trouxemos oito passos para você seguir, a fim de tratar naturalmente uma doença auto-imune:

1.Faça exames e veja se há infecções ocultas – cândida, vírus, bactérias, vermes e parasitas.

2. Verifique se há alérgenos alimentares ocultos, você pode descobrir isso com exames médicos.

  • Faça um exame de sangue para alergia ao glúten, qualquer laboratório pode fazer.

3. Verifique se há toxicidade por metais pesados.

  • O mercúrio e outros metais podem causar autoimunidade.

4. Regule seu intestino, principalmente se sofrer com a síndrome do intestino irritável.

5. Use nutrientes como óleo de peixe, vitamina C, vitamina D e probióticos para ajudar a imunidade.

6. Exercite-se regularmente e consuma anti-inflamatórios naturais.

7. Pratique ioga, faça respiração profunda, meditação ou massagem, porque o estresse piora a resposta imunológica.

8. Pare de consumir açúcar e leite (inclusive os derivados), pois são alimentos altamente estressores das células.

Experimente essas dicas e sinta o alívio da inflamação causada por doenças auto-imunes.

Fonte: doutor Mark Hyman, médico especializado em medicina funcional

Este blog de notícias sobre tratamentos naturais não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

[in:curapelanatureza.com]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *