Saúde

Tome um copo deste suco e durma rápido e tranquilo

maracuja_-_suco_calmante

Este é um maravilhoso calmante natural.

Mais do que isso: é um calmante natural reforçado.

Ele é composto de três ingredientes que têm comprovada ação relaxante, anti-ansiedade e anti-stress.

A camomila, a erva-cidreira e o maracujá, quando consumidos isoladamente, já atuam muito bem em casos de tensão nervosa, ansiedade, insónia, irritabilidade, enxaqueca e vertigens.

A combinação deles neste suco intensifica ainda mais a ação deles.

Por isso, trata-se de uma receita caseira perfeita para quem busca um calmante natural mais forte e não quer usar as drogas vendidas em farmácias.

O maracujá, não custa lembrar, faz parte da composição de muitos calmantes industrializados.

É muito importante saber escolher um bom maracujá: escolha o de casca brilhante, lisa e firme, sem rachaduras ou manchas.

Ele está maduro, bom para consumo imediato, quando cede à pressão dos dedos sem, contudo, romper a casca.

O maracujá maduro pode ser conservado na geladeira por duas a três semanas.

O verde, no entanto, deve ser guardado em lugar fresco e seco para amadurecer bem.

Vamos agora à receita:

INGREDIENTES

  • 1 xícara de água
  • 1 colher (sobremesa) de camomila
  • 1 colher (sobremesa) de erva-cidreira
  • Polpa de 1 maracujá
  • Gelo a gosto

MODO DE FAZER

  • Ponha a água para ferver.
  • Quando levantar fervura, desligue o fogo e jogue a camomila e a erva-cidreira na água.
  • Tampe a panela.
  • Deixe descansar por cinco minutos e coe.
  • Espere esfriar.
  • Depois, bate muito bem esse chá no liquidificador com a polpa de maracujá e o gelo.
  • Coe e beba na hora.

O efeito calmante desse suco, na maioria das pessoas, é percebido alguns minutos depois.

Vale muito a pena consumi-lo, pois ele é uma excelente alternativa aos calmantes que viciam e causam dependência.

Comece consumindo um copo.

Se quiser reforçar, tome dois copos, um pela manhã e à noite.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

[in:curapelanatureza.com]

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *