Saúde

4 Sinais que seu corpo envia quando consome muito sal

O excesso de sal pode nos causar muitos problemas, como doenças cardiovasculares, carência de cálcio e retenção de líquido.

Por isso, é muito importante que saibamos detectar quando estamos consumindo muito sal.

Há quatro sinais que podem nos ajudar nesse diagnóstico.

São estes:

1. Micção frequente

  • É verdade que, quando bebemos muita água, acabamos indo várias vezes ao banheiro.
  • No entanto, o excesso de sal também causa o mesmo efeito.
  • Isso acontece porque os rins se sentem forçados a trabalhar mais para limpar os detritos acumulados do sal.
  • Então, se você está percebendo que vai ao banheiro frequentemente e nem bebe tanta água assim, cuidado!
  • Reduzir o sal nas refeições é uma boa ideia.

2. Frequente dor na cabeça

  • Uma pesquisa publicada no British Medical Journal mostrou que os adultos que consomem mais de 3.500 mg de sódio por dia têm 33% a mais de chances de sofrer com dores na cabeça, comparados com os que consomem apenas 1.500 mg dessa substância.
  • A pressão arterial elevada tem uma forte ligação com o consumo de sal e dores na cabeça são um dos sinais dela.
  • Sendo assim, se você sofre de pressão alta dor de cabeça, recomenda-se uma redução na dose diária de sal.

3. Sede constante

  • Este é um dos sinais mais evidentes de quem consome muito sal.
  • Entenda: o corpo precisa beber água para equilibrar os altos níveis de sódio no organismo.
  • É por isso que, quando comemos uma comida salgada, nosso cérebro envia o sinal de sede e a nossa boca fica seca.

4. Lentidão cerebral

  • Quando consumimos muito sal, o nosso cérebro fica desidratado e acaba ficando mais lento.
  • Vários estudos já mostraram que as pessoas que têm o organismo desidratado tendem a realizar menos atividades cognitivas.
  • Por isso é importante controlar o sal consumido no dia a dia.

Além disso, tenha o costume de bebe bastante água.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

[in:curapelanatureza.com]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *