Saúde

6 Alimentos tóxicos que podem ser perigosos para a saúde

0122
Existem alguns alimentos que fazem parte da nossa dieta diária e que podem tornar-se perigosos se consumidos em excesso. O perigo de uma intoxicação alimentar aumenta se não tivermos cuidado com as quantidades que comemos de certos alimentos ou com a sua forma de preparação. Na maior parte das vezes, uma intoxicação alimentar apenas provoca um desconforto no estômago mas pode tornar-se grave e até levar à morte.
Conheça de seguida seis alimentos com que precisa de ter alguns cuidados!
Cogumelos
  • É do conhecimento de todos que os cogumelos são perigosos pelo simples facto de existirem milhares de espécies diferentes, em que algumas são próprias para comer e outras não. Um simples erro de identificação de uma espécie pode levá-lo a ingerir um cogumelo venenoso, por isso opte por cogumelos no supermercado e nunca se aventure a colher cogumelos.
Cajus
  • Os cajus são na realidade sementes e não um fruto seco. Os cajus crescem no interior do revestimento de uma fruta. Quando compramos cajus no supermercado, na realidade, eles não estão crus como nos levam a acreditar. Quando colocados à venda, os cajus já foram cozidos ou torrados. Se os comêssemos crus, estaríamos a correr um elevado risco, uma vez que os cajus não cozinhados contém urushiol, uma toxina que pode ser letal para o ser humano. É preciso ter cuidado com a ingestão de cajus provenientes de sítios menos fiáveis, pois se estes estiverem mal cozidos podem provocar inflamações, dermatite ou problemas mais graves.
Amêndoas
  • As amêndoas também são sementes como os cajus. Tal como estes, as amêndoas também requerem um tratamento prévio e não podem ser comidas cruas. A amêndoa amarga é a mais perigosa e que precisa sempre de ser cozinhada antes de ser consumida. Estas amêndoas amargas contém cianeto, um veneno mortal.
Batatas
  • As batatas contém uma substância venenosa chamada glicoalcalóide. A acumulação desta substância nalgumas batatas é a razão porque estas se tornam esverdeadas. Já houve, no passado, mortes devidas ao envenenamento por batatas. No entanto, hoje isso não acontece. Nalgumas culturas, os caules e folhas da batata são utilizados para fazer chá. Estas estruturas da batata são as mais perigosas e o seu chá pode deixar uma pessoa fraca ou em coma. Evite batatas com olhos esverdeados, rebentos ou peles verdes.
Cerejas
  • Se alguma vez, depois de comer uma cereja, ficou a roer ou a mastigar o caroço na sua boca, então certamente introduziu cianeto de hidrogénio no seu corpo. Os sintomas de envenenamento por cianeto de hidrogénio são tonturas, dores de cabeça, confusão, ansiedade e vómito. Se ingerir uma dose maior deste veneno pode chegar a ter dificuldade em respirar, aumento da pressão sanguínea ou falha renal. No entanto, para atingir estes níveis seria necessário esmagar por completo e ingerir um ou mais caroços de cereja.
Tomates
  • Os caules e folhas do tomate contém glicoalcalóide, tal como acontece nas batatas. O tomate em si não contém este veneno, no entanto, algumas pessoas utilizam as folhas do tomate na confeção de comidas. Não há problema em usar as folhas durante o cozinhado se depois forem retiradas antes de servir a refeição. Este químico é um veneno tão poderoso que chega a ser utilizado como pesticida nalguns países.

Com certeza que não sabia de todas estas informações tão importantes. Divulgue este artigo pelos seus familiares e amigos!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *