Pensamentos

Mulher que é mulher tem celulite e Homem que é homem não se importa

mulher_celulite

Não é a primeira e infelizmente não será a última vez que ouvirei essa história de alguma amiga: ela acorda numa bela manhã a sentir-se poderosa, glamorosa. Sai da cama, dá uma voltinha, corre para se trocar e, no caminho para o chuveiro, dá de frente com o causador de um grande problema: o espelho. O objeto que deveria servir apenas para mostrar como ela é incrível, na verdade fá-la encontrar gordurinhas a saltar, estrias e celulite.

De repente um arrepio e pronto, o dia acabou de ir para o inferno.

Ela já sai meio cabisbaixa para o trabalho e parece que o mundo lhe decidiu mostrar, de todas as formas possíveis, a sua falta de gostosura: publicidade de ginásios em todo o lado, o caminho do trabalho parece ter virado uma passerelle, as fotos dos amigos e amigas na praia exibem barrigas esculpidas em mármore e, a cada sinal, a insegurança triplica.

Isso é errado demais.

Um amigo meu definiu essas “imperfeições” (em aspas absolutamente necessárias) como “a vida”. Todo o mundo tem celulite. Todo o mundo tem estrias. E se tu te sentes acima do peso, outra pessoa sente-se abaixo. Se alguém acha que é alto demais, outra pessoa pensa que é muito baixa. Uma mulher pensa que tem seios pequenos. Um homem perde noites de sono a pensar que o seu coiso é pequeno.

Dia após dia, ano após ano, somos bombardeados com estereótipos de beleza que só prejudicam, mais e mais, a maneira como olhamos para outras pessoas – e nos vemos na frente do espelho. Isso afeta, consequentemente, a nossa relação com o outro – e com nós mesmos.

Uma mulher infeliz com o seu corpo não conseguirá ser feliz, e um homem obcecado por esses padrões de beleza feminina nunca irá enxergar a beleza de verdade – estará a guiar-se apenas por aquilo que lhe foi imposto, aquilo que lhe mandaram achar bonito.

Atração é muito mais que um peito ou uma bunda, amigo.

Olha para ela inteira. Olha esse sorriso que ela dá quando te vê – seja ela tua namorada ou a tua mais recente conquista. Olha a forma como ela acorda, toda desarrumada, mas linda. Olha para esse amontoado de curvas ou retas que vão receber-te como nenhum outro corpo. A beleza real precisa de mais do que uma olhada rápida para ser realmente vista.

Aceita a tua celulite, as tuas gordurinhas ou o que quer que seja. Aceita isso porque faz parte de ti, e alguém que não te quer por inteira não deve ter nenhum pedaço teu.

Mais importante: se quiseres mudar, muda por ti, não pelo que os outros te dizem – sejam os outros teus conhecidos ou a TV. Se não te sentires feliz por quem és, seja lá como fores, irás esconder tudo o que tens de bonito em ti. Entre quatro paredes a autoconfiança é muito mais excitante do que uma barriga lisinha ou um par torneado de coxas.

 

Texto: Lucas Baranyi
Fonte: jafoste.net

6 thoughts on “Mulher que é mulher tem celulite e Homem que é homem não se importa

  1. Realmente ninguém é perfeito fisicamente, a mídia que cria esse mal mostrando só pessoas aparentemente belas, horas de academia , horas nas clínicas de estéticas, de cirurgia plástica, enfim, no entanto a grande maioria das pessoas, são normais sim , com todas imperfeições físicas e tem msm é que se aceitar, e ser feliz.

    1. Boa tarde Francisca Ferreira, tem toda a razão o importante é gostarmos de nós . Todas as mudanças que queremos fazer, tem de ser feito para nós e não para agradar aos outros. Beijinhos e seja feliz

  2. Amei! Nos tornamos escravos de um padrão de beleza que não existe, e esquecemos que a beleza é um conjunto que se completa com as imperfeições!

  3. Concordo com o texto, eu sou imperfeito, porquê deveria procurar perfeição na minha esposa.

    Mas aí eu pergunto, o “não importar” deveria começar pelas próprias mulheres certo?
    Então para de usar maquiagem, silicone nos seios, na bunda, na perna, no dedo do pé, etc.

    Comecem a se aceitar por completo, e não apenas em uma região.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *