Pensamentos

O meu Pai tem alzheimer

transferir (1)

Cada dia que passa e nota se cada vez mais alterações, mais falta de memoria…

Mais ou menos há 5 anos atrás fui confrontada com o diagnostico do médico – O seu Pai esta com alzheimer- Já tinha pensado nisso, porque notava que ele se esquecia de nome das pessoas, de certos objectos de uso diário e por vezes uma certa agressividade…

 Mas o nome Alzheimer assustou me.

Procurei me informar sobre esta doença, ler depoimentos de pessoas que estão na mesma situação e saber como lidam com o doente…Até achei que já tinha informação suficiente para lidar com a doença do meu Pai.
É tudo muito lindo, mas o dia a dia é que nos ensina e por vezes não entendo se aquela agressividade verbal é da doença ou se é verdadeira... e magoa ! 
Cada dia que passa e há mais alterações de humor, mais tentativa de se isolar, de ficar num mundo ao qual eu não consigo entrar para tentar entender

Por vezes está bem e tudo parece como dantes e de repente tudo muda, e ele fica chateado e aborrecido com tudo e todos. E dai lá vem as ameaças de que se vai embora, que já não quer estar connosco… sinto me tão impotente. Fico triste de ver como ele trata as pessoas que ele ama e que o adoram, e eu não consigo fazer nada!

Hoje entendo que esta doença é muito mais complicada do que eu pensava. e por vezes sinto cansaço e ainda só estamos no principio. Eu tenho muito amor para  lhe dar e espero ter forças para cuidar dele até ele precisar de mim. O que mais me assusta, é a magoa que a minha Mãe (também ela já velhinha) deve sentir, porque leve a peito as palavras do meu Pai,..ela não entende esta doença com aquele nome alemão.
Eu sei que um dia ele nem se vai lembrar do meu nome, e dói...

Não me adianta sofrer por antecipação…. Vou viver um dia de cada vez com ele..O meu Pai

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *